PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
FORTE MASSA DE AR FRIO AVANÇA PARA O BRASIL E ATINGIRÁ ÁREAS DAS ENCHENTES
13/05/2024 19:48 em noticias

A MetSul Meteorologia alerta que uma forte massa de ar frio ingressa no Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. Será a primeira incursão de ar frio de maior intensidade deste ano no Sul do Brasil, uma vez que o outono tem sido marcado por temperatura muito acima da média e escassos dias de temperatura baixa. Normalmente, a chegada do frio seria celebrada por comerciantes e muitos pessoas que estão cansadas de altas temperaturas fora de época no Rio Grande do Sul, mas neste momento o frio intenso previsto apenas aumentará o drama de grande número de pessoas em alojamentos e abrigos temporários. Por isso, a MetSul Meteorologia tem insistido na prioridade em doações de cobertores e agasalhos para atender o público numeroso desabrigado, que necessitará de formas de aquecimento. Não será a única incursão de ar frio vindo, uma vez que a segunda metade do mês terá novos episódios de temperatura baixa e com muita gente ainda fora de casa.

Outra preocupação é com os voluntários e forças públicas ainda participando de resgates nas águas no momento em que os rios voltam a subir. É certo que pessoal voluntário e de emergência sofrerá com hipotermia nas águas, aumentando a necessidade dos chamados cobertores de emergência. A massa de ar frio será consequência de um ciclone poderoso de 950 hPa no extremo Sul do Atlântico, perto da Antártida, e de um centro de alta pressão igualmente poderoso, com mais de 1.040 hPa, que estará neste começo de semana na costa do Sul do Chile. A alta pressão infiltrará pela Argentina com o ar frio, alcançando o Brasil.

Os mapas a seguir do modelo europeu para as tardes de segunda, terça e quarta mostram a anomalia de temperatura (desvio da média) em 850 hPa (1.500 metros de altitude e não em superfície) em que se pode avaliar como será a evolução da incursão de ar frio e qual será a sua intensidade.
Esta massa de ar frio marcará o começo, na prática, do inverno no Rio Grande do Sul porque a partir desta semana o número de dias de frio vai aumentar muito e as jornadas de temperatura baixa tendem a ser bastante frequentes nas próximas duas a três semanas. TEMPERATURA PERTO DE 0ºC EM ÁREAS SOB ENCHENTES O frio vai atuar no Rio Grande do Sul durante toda esta semana e será mais persistente na Metade Sul gaúcha, uma vez que na Metade Norte deve voltar a chover com mínimas mais altas no final da semana.

Na Campanha, fronteira com o Uruguai, Oeste e Sul, o frio mais intenso deve ser sentido a partir da madrugada de terça. Até o final da semana, então, as mínimas serão baixas com marcas ao redor de 0ºC a 2ºC no meio da semana. Terça, sexta e sábado devem ter mínimas abaixo de 5ºC. No Centro do estado, na região de Santa Maria, as madrugadas mais frias devem ser as de quarta e quinta, antes da volta da chuva. Os termômetros podem atingir 3ºC a 5ºC. No Noroeste, a madrugada mais fria será a de quarta com 5ºC ou menos em vários pontos.

Na Grande Porto Alegre e nos vales, regiões mais castigadas por enchentes, esfria mais a partir da terça. As madrugadas de quarta e quinta serão as de menor temperatura. Na maioria dos locais, faz entre 6ºC e 8ºC na quarta e 5ºC a 7ºC na quinta. A temperatura cai mais em outros pontos da área metropolitana e dos vales, em zonas rurais, com 3ºC a 5ºC no meio da semana. Em Porto Alegre, o frio também será mais sentido de terça em diante. Pode fazer 8ºC a 10ºC na quarta e 6ºC a 8ºC na quinta, mas em pontos do Sul e do Leste da cidade esfria mais e as mínimas podem cair a valores ao redor de 5ºC e menos. Na Serra, esfria demais na terça e as temperatura seguem baixas no restante da semana. A quarta deve ter marcas de 0ºC a 5ºC cedo da manhã na região, conforme a altitude e os microclimas locais (baixadas e topos). As tardes de terça por nuvens e instabilidade serão muito frias. Nos Aparados, o frio se instala na terça e a quarta pode amanhecer com marcas abaixo de zero, as primeiras do ano na região. Aquece na quinta e terá chuva no final da semana. REFRESCO NO SUDESTE O ar frio derruba a temperatura ainda em Santa Catarina e no Paraná. Em São Paulo, o efeito será maior no Sul e no Leste do estado. Com isso, haverá um acentuado declínio da temperatura e uma quebra na sequência de semanas de calor fora do normal na cidade de São Paulo na terça e na quarta, mas não há previsão de muito frio. O ar quente retorna entre quinta e sexta para refrescar de novo no próximo fim de semana. Depois de um calor excepcional na segunda, o Rio de Janeiro terá um grande refresco entre terça e quartas com chuva. Em Minas Gerais, o calor prossegue. FRIO TRARÁ GEADA A massa de ar frio vai proporcionar condições favoráveis para geada na maioria dos dias desta semana na Metade Sul gaúcha, onde o frio será mais persistente durante a noite. Por isso, regiões como a fronteira com o Uruguai e a Campanha devem ter mais noites de geada e de intensidade moderada a forte em alguns pontos.

A quarta-feira (mapa) será o dia com geada mais abrangente no Rio Grande do Sul, uma vez que será a madrugada com temperatura mais baixa em um maior número de locais do estado. Haverá geada forte no meio da semana em municípios serranos do Norte gaúcho e do Planalto Catarinense. COMO CONSULTAR OS MAPAS Todos os mapas neste boletim podem ser consultados pelo nosso assinante (assine aqui) na nossa seção de mapas a qualquer hora. A plataforma oferece mapas de chuva, geada, temperatura, risco de granizo, vento, umidade, pressão atmosférica, neve, umidade no solo e risco de incêndio e raios, dentre outras variáveis, com atualizações duas a quatro vezes ao dia, de acordo com cada simulação. Na seção de mapas, é possível consultar ainda o nosso modelo WRF de altíssima resolução da MetSul.

FONTE SOBRE O AUTOR MetSul.Com MetSul.com é a plataforma de notícias, previsões e dados da MetSul Meteorologia com uma equipe de meteorologistas e jornalistas. Você pode enviar suas sugestões de pauta e interagir em nossas redes sociais.

COMENTÁRIOS